Edital Concurso Assembleia Legislativa RS 2018: Saiba tudo!

Quem está em busca de um emprego no Rio Grande do Sul (RS) tem a oportunidade de prestar o Concurso Assembleia Legislativa RS 2018, que oferece 51 vagas para pessoas com Ensino Médio ou Superior. O edital foi divulgado em 18 de janeiro de 2018, no portal da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec) (http://www.fundatec.org.br/portal/concursos/), que é responsável pelo certame do concurso. As inscrições podem ser feitas até o dia 19 de fevereiro de 2018, no próprio site da Fundatec.

Além das vagas disponíveis, o Concurso da Assembleia Legislativa RS também formará cadastro reservas, para contratação conforme a necessidade. Das 51 vagas oferecidas, 7 serão reservadas às pessoas negras e 5 aos portadores de necessidade especiais. Segundo o edital, as vagas são para o cargo de Agente Legislativo (6 vagas), Técnico Legislativo (35 vagas), Administrador (2 vagas), Contador (2 vagas), Arquiteto (1 vaga), Engenheiro Mecânico (1), Engenheiro Eletricista (1 vaga), Analista de Tecnologia da Informação e Comunicação (1 vaga) e Procurador (1 vaga).

Os salários podem variar de R$6.325,61, para cargos com exigência de Ensino Médio, R$9.893,90 para pessoas com Ensino Superior completo e de R$23.084,61 para a vaga de procurador.

concurso assembleia legislativa RS 2018

concurso assembleia legislativa RS 2018

Saiba mais sobre o Concurso Assembleia Legislativa RS 2018

Todas as inscrições para o Concurso da ALE/RS devem ser realizadas no site da Fundatec, entre os dias 18/01/2018 a 19/02/2018. A taxa de inscrição varia conforme a vaga, no valor de:

  • R$100 para Técnico Legislativo;
  • R$120 para Agente Legislativo;
  • R$150 para cargos com exigência de nível superior;
  • R$250 para o cargo de Procurador.

O Concurso é composto por uma prova objetiva, que será realizada na cidade de Porto Alegre/RS, no dia 08 de abril de 2018, no período da manhã ou tarde, dependendo do cargo. A prova tem 5 horas de duração, com o preenchimento das Folhas Definitivas de Respostas. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia 10 de abril e o resultado definitivo sai no em 09 de maio de 2018. Em algumas vagas, o candidato também deverá realizar uma prova de redação, prova de títulos, teste de aptidão física e avaliação psicológica.

As Provas Objetivas e Discursivas serão elaboradas conforme o Conteúdo Programático do Edital, bem como o Quadro Demonstrativo de Provas, com base nos Anexos V, VI, VII e VIII. Para a Prova Objetiva, o candidato terá que se preparar para questões de Português, Raciocínio Lógico e conhecimento específico da área. Todas as Provas Objetivas são compostas por questões de múltipla escolha, com 5 alternativas (A, B, C, D e E), com apenas 1 única resposta correta. A validade do Concurso da ALE/RS é de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 1 ano.

 

Exigências para os cargos do Concurso ALE/RS

EDITAL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA RS 2018

               A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul conta, atualmente, com 1.572 servidores. Desse total, 255 cargos são oriundos de concursos, enquanto 1.317 ocupam funções de comissão, 45 são estagiários e 669 estão inativos. Os dados são provenientes do balanço realizado em setembro de 2017. Desde então, a Assembleia reconheceu a necessidade abrir novas vagas para atuar em conjunto com o órgão público do Estado. Para participar do Concurso ALE/RS, os interessados devem preencher os seguintes requisitos:

  • Agente Legislativo

Exigência: Ensino Médio Completo, com registro no órgão oficial e Carteira Nacional de Habilitação categoria “B”.

Função: realizar policiamento interno e externo nas dependências do Palácio Farroupilha e anexos, auxiliando a Polícia Civil e Militar do Estado.

 

  • Técnico Legistlativo

Exigência: Ensino Médio Completo, com registro no órgão oficial, em instituição reconhecida pelo MEC.

Função: assessorar a administração pública da Assembleia Legislativa, com a realização de estudos e análises da organização dos setores.

 

  • Administrador

Exigência: Ensino Superior Completo em Administração, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no conselho de classe.
Função: realizar estudos, análises e organização da administração pública, como forma de aperfeiçoar os trabalhos executados na Assembleia Legislativa.

 

  • Contador

Exigência: Ensino Superior Completo em Ciências Contábeis, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no conselho de classe.
Função: realizar assessoria contábil dos órgãos da Assembleia Legislativa, com o levantamento de bens patrimoniais, dados para a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual, bem como o Plano Plurianual.

 

  • Arquiteto

Exigência: Ensino Superior Completo em Arquitetura, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no conselho de classe.
Função: elaborar projetos e acompanhar construções nos órgãos públicos, em especial, nos prédios da Assembleia Legislativa.

 

  • Engenheiro Mecânico

Exigência: Ensino Superior Completo em Engenharia Mecânica, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no conselho de classe.
Função: Supervisionar, projetar e acompanhar o desenvolvimento de programas relacionados à Engenharia Mecânica.

 

  • Engenheiro Eletricista

Exigência: Ensino Superior Completo em Engenharia Elétrica, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no conselho de classe.
Função: Supervisionar, projetar e acompanhar o desenvolvimento de programas relacionados à Engenharia Elétrica.

 

  • Analista de Tecnologia da Informação e Comunicação

Exigência: Ensino Superior Completo em Análise de Sistemas, Ciência da Computação ou Processamento de dados e correlatos, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no conselho de classe.
Função: administrar e gerenciar ações para a implementação do Sistema de Tecnologia da Informação e Comunicação na Assembleia Legislativa.

 

  • Procurador

Exigência: Ensino Superior Completo em Ciências Jurídicas e Sociais, com Diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e registro no Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Rio Grande do Sul.

Função: representar a Assembleia Legislativa em ações judiciais e extrajudiciais, bem como realizar atividades de consultoria e assessoria jurídica.

Dicas para ser aprovado

Para conseguir passar no concurso assembleia legislativa RS 2018 você precisa começar a estudar o quanto antes por um material de qualidade. Aqui no blog fizemos, recentemente, um artigo completo falando se o Estratégia Concursos é bom mesmo, vale a pena você dar uma conferida!

Qualquer dúvida, deixe abaixo o seu comentário!

 

 

Estratégia Concursos é Bom? (Avaliação 2018 + Material GRATUITO!)
Concurso CELESC 2018 oferece salários de R$4 mil!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published / Required fields are marked *